Uber, Cabify e 99 fazem crédito para veículos aumentar em 2019

Segundo dados do Banco Central divulgados hoje (dia 27/12/2019), de todas as modalidades de crédito para pessoas jurídicas, o crédito para aquisição de veículos foi aquele que mais cresceu em 2019. Essa ampliação no crédito para compra de veículos se deve, sobretudo, à popularização dos serviços de transporte por aplicativo, como Uber, Cabify e 99.

É provável que você também goste:

Uber lança programa de empréstimo que pode levar motoristas ao endividamento em massa

Entre janeiro e novembro de 2019, o estoque de crédito registrou aumento de 71,1%. Já nos últimos 12 meses, o crescimento foi de 80%, chegando a quase R$ 48 bilhões.

Renato Baldini, chefe adjunto do Departamento de Estatísticas do Banco Central, afirmou que houve uma mudança no mercado de crédito para veículos. Segundo Baldini, antigamente os financiamentos de veículos costumavam ser feitos por pessoas físicas. No entanto, ele afirma que agora a participação de pessoas jurídicas pedindo financiamento de veículos aumentou bastante.

Baldini disse, ainda, que as vendas diretas para locadoras de veículos aumentaram muito, o que está ligado à locação de veículos para motoristas de aplicativos como Uber. “Muita gente tem trabalhado nesse segmento sem comprar o carro, eles alugam o carro por períodos longos inclusive. Tem se formado um modelo de negócios que parece resultar nesse dado que a gente tem observado”, disse Baldini, em coletiva de imprensa.

Além da Uber, outras empresas de transporte por aplicativo que atuam no Brasil e têm atraído muitos motoristas são a 99 e o Cabify.

Juros mais baixos também contribuem para ampliação do crédito

Além da popularização dos aplicativos de transporte, outro fator de contribui para a aquisição de veículos por empresas são as baixas taxas de juros. Atualmente, a taxa de juros no segmento está em 12% ao ano, ou seja, no seu menor patamar histórico. Isso se deve, principalmente, à redução dos juros básicos realizada pelo Banco Central. Hoje, a Selic se encontra no valor mínimo histórico de 4,5%, como dissemos nessa matéria.

Crédito para veículos comprados por pessoas físicas também cresceu

O crédito para aquisição de veículos por pessoas físicas também cresceu significativamente, embora menos do que a compra por pessoas jurídicas. Entre janeiro e novembro de 2019, esse estoque aumentou 15,8% e, no acumulado em 12 meses, o aumento foi de 17,7%, superando os R$ 197 bilhões.

De acordo com o Banco Central, a média da taxa de juros foi de 19,4%, ou seja, também ela também atingiu seu menor patamar da série em novembro.

Enfim, gostou da matéria?

Então, siga o nosso canal do YouTube, e nossas redes sociais como o FacebookTwitter e Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais, empréstimos e matérias relacionadas ao assunto de fintechs.

Imagem: Lutsenko Oleksandr, via Shutterstock.

Comments

comments

Leave a Reply