Motorista de Uber é afastado após denúncia de agressão e homofobia em Fortaleza | Fortaleza – Últimas Notícias de Fortaleza

Um casal de empresários denunciou um motorista de Uber por agressão e homofobia, após corrida solicitada no bairro Meireles, em Fortaleza, nesta quinta-feira, 2. Segundo informou por nota a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Ceará (SSPDS), o motorista se recusou a levar o casal pela orientação sexual deles e desferiu um tapa em uma das vítimas. A Uber comunicou o afastamento do condutor.

O 2° Distrito Policial investiga o caso. No Boletim de Ocorrência (B.O), os passageiros alegam que solicitaram a corrida pelo aplicativo e, quando o motorista chegou, recusou a levar o casal pela orientação sexual dos empresários. Foi relatado também a agressão a um dos homens.

Em nota, a Uber afirma ter uma política de tolerância zero “a qualquer forma de discriminação em viagens realizadas em sua plataforma”. Ressalta também que, ao saber do ocorrido, tomou medidas para afastar o motorista envolvido na agressão.

Comments

comments

Leave a Reply