Primeiro chefe de diversidade da Uber deixa a empresa

O primeiro chefe de diversidade da Uber, Bernard Coleman, acaba de deixar a companhia, segundo informações obtidas pelo site Tech Crunch.

Em nota ao site, um porta-voz da Uber contou que as contribuições do executivo ao longo dos últimos anos ajudaram a companhia a se tornar ainda mais inclusiva, e que desejam o melhor para ele daqui para frente. O último dia de trabalho de Coleman foi em 17 de janeiro, uma sexta-feira.

Agora, o trabalho de Coleman será na startup de folha de pagamentos chamada Gusto, onde irá liderar a equipe de engajamento de funcionários dentro da organização de operação de pessoas. Em resposta ao Tech Crunch, o executivo contou que não estava buscando por um novo trabalho, mas que a oportunidade foi interessante para a sua carreira. “É o lugar no qual eu queria ir, mas que eu ainda não sabia”, contou.

Bernard Coleman (Imagem: Reprodução/Tech Crunch)

A Gusto conta ainda com Danielle Brown na equipe, ex-diretora de diversidade do Google, que entrou na empresa em abril de 2019 e que será uma boa companhia a Coleman. O novo funcionário da empresa contou ainda que o que o atraiu na Gusto foi o desejo de poder beneficiar as pessoas, visto que já trabalhou em campanhas de atendimento a populações carentes em iniciativas de diversidade e recursos humanos.

“Ter essa oportunidade de servi-los e de fazer certo tem um alinhamento pessoal para mim”, disse o executivo, contando ainda que ter Danielle na empresa foi um grande incentivo. “Eu sempre quis trabalhar com ela e estou animado por ter essa oportunidade”, completou.

Bernard Coleman entrou na Uber em janeiro de 2017, aproximadamente um ano antes da escritora e engenheira de software Susan Fowler publicar um documento apontando problemas relacionados a assédio sexual, entre outras questões, em ambientes de trabalho, como no da Uber. Não demorou para que Coleman publicasse o seu primeiro relatório de diversidade.

Bo Young Lee, atual chefe de diversidade da Uber (Imagem: Reprodução)

No último ano, o cargo de Coleman mudou de chefe de diversidade para chefe de engajamento inclusivo, fazendo com que a Uber contratasse Bo Young Lee para substitui-lo.

Fonte: Tech Crunch

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.

Comments

comments

Leave a Reply