“Não existe mais diarista, manicure. Barbeiro não atende mais ninguém, Uber não roda”

Em conversa com a imprensa há pouco, em frente ao Palácio da Alvorada, o presidente Jair Bolsonaro voltou a acusar alguns governadores e prefeitos de “exagerarem na dose”. “Como fecharam o comércio, os negócios, tá sendo uma catástrofe.”

“Temos 38 milhões de autônomos, que foram as primeiras vítimas. Não têm reserva, a geladeira só tem 10% de carga. Comecei agora o socorro para pequenas e médias empresas. Um socorro onde uma parte nós pagaríamos e eles teriam o compromisso de não demitir.”

“O turismo passou para zero. Ninguém mais faz turismo. A rede hoteleira está fechada, com 10% da capacidade ocupada. Não existe mais diarista, manicure. Barbeiro não atende mais ninguém, Uber não roda.”

Leia também: Diogo Mainardi: ‘Eu sou uma cobaia.’

 

Comments

comments

Leave a Reply